top of page
Buscar

Destaque no American Crime Games pela Corais, Ana Freitas supera desafio de crossfit com deficiência

Atualizado: 16 de nov. de 2023

A integrante da comunidade laranja com agenesia de membro superior esquerdo consegue ultrapassar as provas de superação, serve até de inspiração para outros competidores e ainda empolga a torcida no maior evento de crossfit de Alagoas
Buscando superar as fraquezas, Ana Freitas encontra sua melhor versão nos treinos.
Foto: Igor Lessa

O crossfit se tornou um estilo de vida para milhares de pessoas em Alagoas, desenvolvendo a capacidade de ser levado para perto de seus semelhantes e puxando o entendimento de que se movimentar faz bem à saúde. Porém, o caminho percorrido, nem sempre, por esses atletas se apresenta de forma simples e comum. Às vezes, é bastante especial e único para a reportagem de Sport News Radio.


A jovem Ana Freitas de 20 anos, que trabalha como atendente em uma clínica de exames, encontrou no crossfit uma espécie de válvula de escape para impulsionar seus rendimentos físicos, conseguindo através de seu caso, estimular mais pessoas para essa prática de atividade física. A atleta de crossfit, que possui uma espécie de agenesia de membro no seu braço esquerdo, celebrou as conquistas no desafios do American Crime Games 2022, envolvendo todo mundo que tava assistindo a competição.


Muita gente acompanhou o American Crime Games no Ginásio do Sesi. - Foto: Igor Lessa
Muita gente acompanhou o American Crime Games no Ginásio do Sesi. - Foto: Igor Lessa

Treinar sozinho pode ser um desafio muito difícil de se cumprir, ainda mais para alguém que tem deficiência. Mas, no caso de Ana Freitas, ainda que ela possa ter alguns poucos pensamentos de fraqueza ao ponto até de perder um pouco do foco, esbanja naturalidade ao falar das provas e dos desafios de crossfit. "Você tem de ser duro consigo mesmo. Sem disciplina, você é escravo de suas vontades ruins." conta Ana Freitas em entrevista para Sport News Radio.


O crossfit se estabelece como um programa de treinamento e condicionamento físico, desenvolvido para melhorar as capacidades fisiológicas de qualquer tipo de pessoa, desde atletas de elite até jovens iniciantes. As categorias do American Crime Games foram divididas da seguinte forma:

  1. SCALE: categoria recomendada para atletas que não possuem muito tempo de prática do esporte, mas conseguem realizar alguns movimentos básicos com peso corporal e levantamentos com carga baixa.

  2. INTERMEDIÁRIA: categoria recomendada para atletas que já possuem algum tempo de prática do esporte, dominam exercícios com peso corporal de complexidade média e realizam levantamentos com carga média/alta.

  3. RX: categoria recomendada para atletas que possuem mais tempo de prática do crossfit, dominam todos os movimentos ginásticos e realizam levantamentos com carga alta.

  4. MASTER: categoria para atletas que possuem 35 anos completos ou mais, dominam exercícios com peso corporal de complexidade média e realizam movimentos com carga média/alta.

Segundo Ana Freitas, competidora da categoria SCALE no American Crime Games, são várias as formas de competir. Uma dessas maneiras é colocada sobre a sensação de liberdade e movimento através do crossfit, sendo capaz de se sentir invencível. "Já enfrentei a luta para atingir meus limites. É da nossa natureza superar nossas fraquezas. Busquei minha melhor versão e me tornei." completa Ana Freitas para Sport News Radio.


É a lei de tudo ou nada, tem de entrar e realizar. Viver bem e ter paz. "Enfrentar seus medos e limitações, tornando-se uma melhor versão de si todos os dias para atingir a magnitude. Os treinos não podem parar." finaliza Ana Freitas.

Comments


bottom of page