top of page
Buscar

Manipulação de resultados: após julgamento pelo STJD, ex-jogador do Vila Nova foi banido do futebol

Atualizado: 10 de nov. de 2023

Caso representou início de punições pelo STJD na Operação Penalidade Máxima aos jogadores com envolvimento em esquema de apostas; De acordo com a decisão que cabe recurso, Romário ainda terá de pagar multa de R$ 25 mil


Jogador em entrevista com camisa azul e boné preto.
foto : reprodução

Um dos primeiros atletas punidos pelo STJD por causa de elo com esquema de manipulação de resultados foi o volante Romário, ex-jogador do Vila Nova (GO). O julgamento ocorreu nessa segunda-feira, no Rio de Janeiro, punindo o jogador que deve apresentar recurso de defesa nos próximos dias. O site do esporte vai seguir acompanhando de perto os desdobramentos desse caso.


Operação Penalidade Máxima


A primeira fase da operação Penalidade Máxima terminou com 14 denunciados, sendo oito jogadores. Além de Romário, os outros sete atletas foram denunciados: Gabriel Domingos, (Vila Nova), Joseph (Tombense) e cinco jogadores que estavam no Sampaio Corrêa: Mateusinho, Allan Godói, André Queixo, Ygor Catatau e Paulo Sérgio.

A aposta consistia na marcação de pênaltis no primeiro tempo de três jogos da última rodada da Série B. Os jogadores envolvidos no esquema ganhariam R$ 150 mil cada, sendo R$ 10 mil adiantado e R$ 140 mil após o jogo.


bottom of page